Agritrop
Accueil

Negociando conflitos: Análise do caso da gestão da abertura da barra da lagoa de ibiraquera, Santa Catarina

Negociando conflitos: Análise do caso da gestão da abertura da barra da lagoa de ibiraquera, Santa Catarina. Policarpo Mariana Aquilante, Cerdan Claire. 2012. In : Contextos rurais e agenda ambiental no Brasil: Práticas, políticas, conflitos, interpretações. Dossiê 3. Organizado por Jalcione Almeida, Cleyton gerhardt, Sônia Barbosa Magalhães (eds). Belem : Rede de Estudos Rurais, 175-206. ISBN 978-85-63-737-03-8

[img] Version publiée - Portugais
Accès réservé aux agents Cirad
Utilisation soumise à autorisation de l'auteur ou du Cirad.
document_567320.pdf

Télécharger (748kB)

Chapitre d'ouvrage

Résumé : Este artigo visa analisar o conflito em torno da abertura da barra da Lagoa de Ibiraquera, Santa Catarina, a fim de avaliar em que medida a proposta de uma nova forma de gestão, que mobilize novas inter-relações entre diferentes instituições e atores, pode ser eficaz na negociação de conflitos, sejam eles implícitos ou explícitos, ligados à gestão de um recurso natural de uso comum. A base teórica e metodológica utilizada é a da teoria da gestão integrada e compartilhada dos recursos naturais de uso comum, cuja metodologia destacada diz respeito à análise trade-off: Como principais resultados, podemos considerar que este espaço aberto por esta nova proposta foi um momento de tomada de consciência dos impactos ambientais de suas atividades pelos diferentes atores; aumentou a mobilização local ern torno da resolução de problemas; promoveu a aprendizagem entre os diferentes atores, ao dar consciência dos problemas que existem e os meios legais de se buscar resolvê-los e estimulou uma dinâmica coletiva de reflexão e definição das regras de uso dos recursos. Entretanto, algumas dificuldades ainda permanecem pela cultura política clientelística da população envolvida nos processos participativos, marcada pelo baixo índice de organização e representação; pela cultura política dos próprios órgãos responsáveis pela gestão que tern urn histórico marcado pelo viés preservacionista e por ações de cunho tecnoburocrático e autoritário; pela pouca experiência de implantação de processos participativos, os quais demandara, necessariamente, urn histórico de acertos e erros; e pelos desenhos institucionais dos espaços de participação que nao propiciam efetivamente processos participativos. (Résumé d'auteur)

Mots-clés géographiques Agrovoc : Santa Catarina

Classification Agris : P01 - Conservation de la nature et ressources foncières

Axe stratégique Cirad : Axe 6 (2005-2013) - Agriculture, environnement, nature et sociétés

Auteurs et affiliations

  • Policarpo Mariana Aquilante, UFSC (BRA)
  • Cerdan Claire, CIRAD-ES-UMR INNOVATION (FRA)

Source : Cirad - Agritrop

Accès réservé

Voir la notice Voir la notice

[ Page générée et mise en cache le 2017-11-22 ]