Agritrop
Home

Avaliação de sistemas de cultivo de milho grão sequeiro no contexto da agricultura familiar: uma aplicação da metodologia multicritério de apoio à decisão (MCDA)

Humberto Valadares Xavier José. 2010. Avaliação de sistemas de cultivo de milho grão sequeiro no contexto da agricultura familiar: uma aplicação da metodologia multicritério de apoio à decisão (MCDA). Pelotas : Universidade federal de Pelotas, 323 p. Tese de doutorado : Sistemas de Produção Agrícola Familiar : Universidade federal de Pelotas

Thesis
[img]
Preview
Published version - Portugais
Use under authorization by the author or CIRAD.
document_571424.pdf

Télécharger (3MB) | Preview

Titre anglais : Evaluation of mayze cropping systems in the context of family farm agriculture: an aplication of Multicriteria Decision Aid (MCDA)

Encadrement : Conill Gomes, Mario

Abstract : É fundamental considerar os critérios dos agricultores familiares na geração/adaptação de tecnologias desenvolvidas com o intuito de melhorar o desempenho dos seus sistemas produtivos. Normalmente, esse aspecto tem sido pouco considerado nos projetos de pesquisa agropecuária. Este trabalho teve por objetivo construir participativamente modelos multicritério de apoio à decisão capazes de operacionalizar a racionalidade decisória de agricultores familiares de Unaí-MG em relação à avaliação de sistemas de cultivo de milho. Adotou-se uma abordagem construtivista, com vistas a incorporar, na análise, a percepção e a subjetividade dos agricultores. A pesquisa foi realizada em dois assentamentos de reforma agrária do município, situados próximos, e foi orientada pelos seguintes passos metodológicos: (i) caracterização do município e dos assentamentos; (ii) caracterização dos principais tipos de estabelecimento e do papel do milho nessas explorações; (iii) construção de modelos multicritério com grupos de agricultores, representativos dos principais tipos de estabelecimento; (iv) discussão dos modelos nos assentamentos; (v) avaliação de sistemas de cultivo alternativos com os modelos. Foram analisados quatro sistemas de cultivo, baseados nos princípios da agroecologia e da agricultura de conservação, em comparação com o sistema mais usado pelos agricultores: (i) sistema tradicional dos agricultores (SC1); (ii) sistema plantio direto + planta de cobertura (guandu - Cajanus cajan) + controle químico de plantas daninhas (SC2); (iii) sistema plantio direto + planta de cobertura (feijão de porco - Canavalia ensiformes) + controle mecânico (roçadeira) de plantas daninhas (SC3); (iv) sistema plantio direto implantado pelo agricultor (SC4); (v) sistema tradicional com adubação orgânica implantado pelo agricultor (SC5). Os resultados demonstraram que os agricultores empregam múltiplos critérios ao avaliar os sistemas de cultivo de milho, que se articulam em torno de aspectos econômicos, técnicos, sociais (mão de obra), ambientais e ao risco. Os modelos construídos enfatizaram racionalidades diferenciadas, mesmo em se tratando de uma mesma categoria: agricultura familiar em assentamentos de reforma agrária. Essas racionalidades foram fortemente influenciadas pelo contexto socioeconômico no qual esses agricultores se achavam inseridos e pelo papel cumprido pelo milho nos estabelecimentos, essencialmente, de suporte ao consumo familiar. Em coerência com a abordagem construtivista, não foi identificado um sistema de cultivo ótimo e que seria a solução para todos os agricultores. Ao contrário, os resultados demonstraram que os sistemas analisados possuíam compromissos diferenciados com os objetivos dos agricultores quando todos os critérios eram considerados e que isso dependia do contexto socioeconômico. Nesse sentido, o SC4, adaptado pelos agricultores, foi o que se manteve com maior estabilidade nas diversas situações analisadas. Ressalta-se, portanto, a necessidade de ampliar a visão geral que orienta a geração de tecnologias agropecuárias, focada, principalmente, na produtividade como critério preponderante de avaliação. Para isso, a aproximação com os agricultores, na perspectiva da pesquisa participativa como forma de expandir a pesquisa agropecuária tradicional, torna-se fundamental. É nesse contexto que a modelagem multicritério com uma abordagem construtivista (MCDA) pode ser uma importante ferramenta de pesquisa com e para a agricultura familiar. (Résumé d'auteur)

Mots-clés Agrovoc : Zea mays, Exploitation agricole familiale, Système de culture, agroécologie, Intensification, Recherche agronomique, structure agraire, approches participatives

Mots-clés géographiques Agrovoc : Brésil

Classification Agris : F08 - Cropping patterns and systems
E14 - Development economics and policies
E80 - Home economics, industries and crafts
A50 - Agricultural research

Champ stratégique Cirad : Axe 1 (2005-2013) - Intensification écologique

Auteurs et affiliations

  • Humberto Valadares Xavier José, Universidade federal de Pelotas (BRA)

Source : Cirad - Agritrop (https://agritrop.cirad.fr/571424/)

View Item (staff only) View Item (staff only)

[ Page générée et mise en cache le 2020-11-22 ]