Agritrop
Home

Produção e avaliação de anticorpos policlonais para babesiose bovina com base em peptídeos sintéticos da proteína LDH de Babesia bovis

Parruque Mariamo J.M., Neves Luis, Boulangé Alain. 2016. Produção e avaliação de anticorpos policlonais para babesiose bovina com base em peptídeos sintéticos da proteína LDH de Babesia bovis. In : Investigação para o desenvolvimento: tendências, desafios e perspetivas. Maputo : Universidade Eduardo Mondlane, Résumé, 1 p. Conferência Científica da Universidade Eduardo Mondlane. 9, Maputo, Mozambique, 27 September 2016/28 September 2016.

Paper without proceedings
[img] Published version - Portugais
Access restricted to CIRAD agents
Use under authorization by the author or CIRAD.
584354.pdf

Télécharger (157kB) | Request a copy

Abstract : O parasita Babesia bovis é um dos agentes causadores da babesiose bovina, uma doença tropical associada a altas taxas de mortalidade. Esta doença é transmitida por caraças da espécie Riphicephalus (Boophilus) microplus. A babesiose é responsável por elevados prejuízos económicos, especialmente a redução na produção de carne e leite, além de custos com medidas preventivas e tratamento dos animais. Para o diagnóstico da babesiose são usadas várias técnicas: o diagnóstico parasitológico baseado na observação microscópica, os métodos com base em ADN, os testes serológicos e os testes rápidos de diagnóstico (RDT's) que vem oferecendo um potencial para a ampliação do diagnóstico preciso sendo simples de executar e fáceis de interpretar. O presente trabalho teve como objectivo produzir e avaliar anticorpos policlonais com base em peptídeos sintéticos da proteína LDH de Babesia bovis como poencial para o desenvolvimento de um teste ELISA de captura. A LDH é uma enzima importante para o metabolísmo energético do género babésia onde ela atinge altas concentrações no estágio eritrocítico do parasita. Com ajuda do programa de bioinformática Swiss-Model, a estrutura tridimensional da LDH foi construída; 4 peptídeos sintéticos foram desenhados e produzidos e imunizou-se 8 coelhos e 4 galinhas com os peptídeos. Todos os coelhos e galinhas apresentaram curvas cinéticas de produção de anticorpos crescentes quando testados em ELISA indirecto, com variações dependentes do peptídeo administrado. Contudo, de acordo com o teste ANOVA (p<0.05), a taxa de produção de anticorpos foi semelhante para os quatro peptídeos tanto nos coelhos assim como nas galinhas. Quando testados em ELISA de captura, os anticorpos policlonais, foram capazes de capturar LDH em soro de vitelo experimentalmente infectado por B. bovis com 2% de parasitémia. (Texte intégral)

Classification Agris : L72 - Pests of animals
L73 - Animal diseases

Auteurs et affiliations

  • Parruque Mariamo J.M., Eduardo Mondlane University (MOZ)
  • Neves Luis, Eduardo Mondlane University (MOZ)
  • Boulangé Alain, CIRAD-BIOS-UMR TRYPANOSOMES (MOZ)

Source : Cirad-Agritrop (https://agritrop.cirad.fr/584354/)

View Item (staff only) View Item (staff only)

[ Page générée et mise en cache le 2019-10-01 ]