Agritrop
Home

Origens, evolução e institucionalização da política de agricultura familiar no Brasil

Sabourin Eric. 2017. Origens, evolução e institucionalização da política de agricultura familiar no Brasil. In : Agricultura familiar brasilieira: Desafios e perspectivas de futuro. Delgado Guilherme Costa (ed.), Bergamasco Sonia Maria Pessoa Pereira (ed.). Brasília : Ministerio do Desenvolvimento Agrário (MDA), pp. 265-291. ISBN 978-85-8354-016-8

Book chapter
[img]
Preview
Published version - Portugais
Use under authorization by the author or CIRAD.
583794.pdf

Télécharger (591kB) | Preview

Url - éditeur : http://www.mda.gov.br/

Abstract : Numa perspectiva de análise da institucionalização da política de agricultura familiar no país, o trabalho introduz alguns elementos de uma sócio história do PRONAF. A primeira parte apresenta a trajetória histórica do PRONAF, a sua origem em dispositivos anteriores dedicados ao pequeno produtor rural, a sua evolução institucional e política com a diversificação das formas de crédito. A segunda parte trata das origens e da trajetória recente da política de desenvolvimento territorial rural do MDA. Para tirar ensinamentos da experiência das políticas brasileiras de agricultura familiar por meio da análise da sua institucionalização propoe-se esboçar uma análise sócio-histórica do PRONAF e do PRONAT. Segundo Payre e Pollet (2013) “a sócio-história das políticas públicas expressa uma vontade de mostrar o Estado ou as instituições em ação através dos seus próprios atores - aqueles que os fazem existir - re-ubicados no seu ambiente material”. A abordagem sócio-histórica das políticas públicas postula a inserção do político no social. Trata se também de contextualizar socialmente as políticas, de tentar escapar de uma visão autocentrada no Estado, tomando por objeto de pesquisa os processos globais, regionais ou até culturais. Neste sentido o enfoque sócio-histórico se interessa pelos agentes intermediários, os mediadores, suas posições, suas carreiras e permite considerar uma tipologia de regimes de circulação dos atores que remeta tanto a grupos sociais como a instituições. (Résumé d'auteur)

Mots-clés Agrovoc : Exploitation agricole familiale, Petite exploitation agricole, Crédit, Politique agricole, Politique de développement, Développement régional, Histoire, Sociologie rurale, Économie agricole

Mots-clés géographiques Agrovoc : Brésil

Mots-clés complémentaires : Développement territorial, Politique publique

Mots-clés libres : Politiques publiques, Agriculture familiale, Brésil, Socio-histoire, Développement rural, Développement territorial

Classification Agris : E80 - Home economics and crafts
E90 - Agrarian structure
E50 - Rural sociology
E13 - Investment, finance and credit
E10 - Agricultural economics and policies
E14 - Development economics and policies

Champ stratégique Cirad : Axe 5 (2014-2018) - Action publique pour le développement

Auteurs et affiliations

Autres liens de la publication

Source : Cirad-Agritrop (https://agritrop.cirad.fr/583794/)

View Item (staff only) View Item (staff only)

[ Page générée et mise en cache le 2021-03-30 ]