Agritrop
Home

Avaliar a gestão social na governança territorial: bricolagem, aprendizagem e hibridação na construção do Índice de Gestão Social (IGS)

Piraux Marc, Valencia Perafan Mireya Eugenia, Caniello Marcio, Nogueira Rocha Betty. 2020. Avaliar a gestão social na governança territorial: bricolagem, aprendizagem e hibridação na construção do Índice de Gestão Social (IGS). Redes, 25 (3) : pp. 1071-1095.

Journal article ; Article de recherche ; Article de revue à comité de lecture Revue en libre accès total
[img]
Preview
Published version - Portugais
License Licence Creative Commons.
redes-1-PB.pdf

Télécharger (714kB) | Preview

Abstract : Entre 2003 e 2016, o governo federal brasileiro implementou o Programa Nacional de Desenvolvimento Sustentável dos Territórios Rurais (PRONAT), cuja governança se processava em colegiados participativos paritários formados pelos atores sociais, suas organizações e representantes governamentais. A gestão social constituiu o marco orientador do programa e o ciclo de gestão social buscava organizar os processos de participação, coordenação, gestão e controle social das políticas públicas pelos atores territoriais. O Ministério do Desenvolvimento Agrário começou a desenhar o seu sistema de monitoramento e avaliação em 2007. Para isso, equipes de pesquisadores de diversas universidades públicas do país foram mobilizadas. A avaliação da gestão social e seus indicadores concretos foram desenvolvidos em dois ciclos de monitoramento e avaliação, configurando-se como um processo descentralizado por meio de um índice composto pelos diversos indicadores relevantes teórica e metodologicamente, enfeixados no Índice de Gestão Social (IGS). Este artigo tem como objetivos: (i) discutir os referencias teóricos que orientaram a construção do IGS, (ii) apresentar a trajetória da metodologia de avaliação e dos sistemas de monitoramento e avaliação associados e (iii) caracterizar as dimensões do índice. Ensinamentos são tirados quanto ao processo de construção do IGS que privilegiou a bricolagem, a aprendizagem e a hibridação.

Mots-clés Agrovoc : Aménagement du territoire, Gouvernance, Développement rural, Zone rurale, Gestion fondée sur la participation, Participation sociale, approches participatives, Suivi et d’évaluation

Mots-clés géographiques Agrovoc : Brésil

Mots-clés complémentaires : Développement territorial, Politique publique

Mots-clés libres : Gouvernance territoriale, Brésil, Gestion sociale, Evaluation de la gouvernance, Indicateurs

Classification Agris : E11 - Land economics and policies
E51 - Rural population
E14 - Development economics and policies

Champ stratégique Cirad : CTS 5 (2019-) - Territoires

Auteurs et affiliations

  • Piraux Marc, CIRAD-ES-UMR TETIS (FRA)
  • Valencia Perafan Mireya Eugenia, UNB [Universidade de Brasilia] (BRA)
  • Caniello Marcio, UFCG (BRA)
  • Nogueira Rocha Betty, UFRRJ (BRA)

Source : Cirad-Agritrop (https://agritrop.cirad.fr/596731/)

View Item (staff only) View Item (staff only)

[ Page générée et mise en cache le 2021-04-08 ]