Agritrop
Home

DUCOCO Brasil. Relatorio de missão de 22 de novembro a 28 de novembro de 1999

Lidon Bruno, Bonneau Xavier. 2000. DUCOCO Brasil. Relatorio de missão de 22 de novembro a 28 de novembro de 1999. Montpellier : CIRAD-CP, 100 p. N° de rapport : CP_SIC 1222

Mission report
[img] Published version - Portugais
Access restricted to CIRAD agents
Use under authorization by the author or CIRAD.
ID10904.pdf

Télécharger (46MB)

Abstract : Nutriçao mineral: O experimento de referência CE CC 01 confirma um claro efeito positivo do adubo fosfatado na produção. O experimento de referência CE CC 02 mostra em 1999 uma ausência de efeito do adubo potássico na produção. Para as plantações, recomendamos no ano 2000 gerar prioritariamente a adubação fosfatado a um nível crítico de 0.135% P na folha 14 (teor labo CIRAD), enquanto que a adubação potássica será consideravelmente reduzida para levar em conta a queda do nível crítico em K. A fim de otimizar o uso da adubação, preconizamos a introdução de um zoneamento nas parcelas, baseado na alimentação hídrica dos coqueiros; - Coqueiros irrigados por micro-aspersão, com alta produção: tabela completa. - Coqueiros não-irrigados sob a influência do lençol freático (menos de 4 metros em estação seca), produção média (seguindo o modelo das experiências de referência): tabela completa. - Coqueiros não-irrigados, sem influência do lençol freático (mais de 6 metros em estação seca), com baixa produção: tabela reduzida. Irrigaçao: Os primeiros resultados dos experimentos feitos em 1997 mostram que a irrigação dos coqueiros em doses diárias distribuídas por micro-aspersão na estação seca é bastante eficaz. A produção aumenta até um nível muito bom. Trata-se agora de precisar o ótimo técnico e econômico do uso cotidiano de água. No mais, os primeiros resultados de fertirrigação são promissores, ao menos quanto ao uso dessa técnica. Um reajuste das doses é proposto nas três experimentos de irrigação (Duc lrr/Fert 02, 03, e 05) para melhor enquadrar as necessidades diárias (estimadas em cerca de 160 litros por dia nas condições locais). As doses passarão na próxima estação seca de: 80, 160, 240 e 320 para respectivamente: 40, 80, 120 e 160 litros de água por árvore e por dia. Observações são feitas sobre o uso de uma irrigação intensiva em grande escala, a levar em conta antes de generalizar o sistema testado com sucesso nas experiências. Experimento: Várias novas experiências foram propostas para melhorar a eficácia da irrigação. A mais importante é a que dará a curva de resposta à água de coqueiros híbridos jovens, em vista da extensão e do replantio das parcelas dos coqueiros Gígantes pouco produtivos. Perspectivas: Devido à boa resposta dos coqueiros híbridos a micro-aspersão, e interessante se considerar. a) estender o sistema a todas as parcelas de híbridos (levando em conta a recarga da umidade do solo por capilaridade em estação seca segundo a posição do lençol freático, e dos problemas ligados à mudança de escala); b) substituir os coqueiros Gigantes por coqueiros híbridos. Propomos também reforçar nossa cooperação, tanto no plano técnico como no plano científico. (Résumé d'auteur)

Mots-clés Agrovoc : Cocos nucifera, Plantations, Conduite de la culture, État nutritionnel, Fertilisation, Irrigation fertilisante, Expérimentation au champ, Méthode d'irrigation, Facteur de rendement

Mots-clés géographiques Agrovoc : Brésil

Classification Agris : F61 - Plant physiology - Nutrition
F06 - Irrigation

Auteurs et affiliations

  • Lidon Bruno, CIRAD-TERA-SAV (FRA)
  • Bonneau Xavier, CIRAD-CP-COCOTIER (FRA)

Source : Cirad - Agritrop (https://agritrop.cirad.fr/10904/)

View Item (staff only) View Item (staff only)

[ Page générée et mise en cache le 2020-08-12 ]